Hoje, a Associação de Pessoas com Deficiência - SOIH com o Instituto de Perícia, Reabilitação Profissional e Emprego de Pessoas com Deficiência e a cidade de Zagreb organizaram um evento de dois dias. 24. Simpósio Croata de Deficiência com Participação Internacional.

Discursando na reunião, a vice-prefeita de Zagreb, Jelena Pavcic Vukicevic, enfatizou que o papel e a importância do tópico deste simpósio são de extrema importância e obrigam todos a refletir sobre questões que têm um impacto significativo na qualidade de vida das pessoas com deficiência. Facilitar o acesso e a inclusão de pessoas com deficiência nos processos de tomada de decisão, aumentar o potencial e criar as condições para sua inclusão nos mercados de trabalho e capacitar as mulheres com deficiência é uma tarefa para todos nós, para que possamos realmente falar em oportunidades de igualdade para todos.

Ela também acrescentou que a cidade de Zagreb está trabalhando contínua e intensivamente em todos os campos e que a cooperação e parceria com ONGs são de grande importância porque indicam os problemas reais das pessoas com deficiência e são um link direto para os usuários finais. Acredito que é por causa de tais realizações que a cidade foi proposta como organizadora e anfitriã de um fórum social onde serão trocadas boas práticas, concluiu o deputado.

A secretária de Estado do Ministério da Demografia, Família, Juventude e Política Social Maria Pletikosa disse que o papel mais importante na vida das pessoas com deficiência é desempenhado por seus familiares. É inegável o papel dos profissionais que fazem grandes esforços para fornecer o apoio de que precisam, especialmente em tenra idade. Ela também disse que o objetivo é fornecer o maior número possível de serviços para que crianças com deficiência, mas também adultos, possam obter tudo o que precisam para crescer e se desenvolver.

O Ombudsman for Disability, Anka Slonjšak, observou que os tópicos do simpósio deste ano são muito tópicos e extremamente importantes para as pessoas com deficiência. Fico feliz que pelo ano 24 tenhamos a oportunidade de participar e trocar experiências no simpósio, ela disse.

Damira Benc, Diretora do Instituto de Aconselhamento, Reabilitação Vocacional e Emprego de Pessoas com Deficiência, falou sobre a importância das organizações da sociedade civil que protegem os direitos de seus membros e os representam nos níveis local, regional e nacional, sendo um fator importante de solidariedade e reciprocidade, pois criam novas e maiores oportunidades. para pessoas com deficiência.

Além do vice-ministro Pavičić Vukičević, do secretário Pletikosa, do ombudsman Slonjšak e do diretor Benc, a delegação foi abordada pelo enviado do Presidente da República da Croácia, Ljubica Lukačić, e pelo presidente da Federação Nacional das Pessoas com Deficiência da Eslovênia, Borut Sever, e pelo chefe do Gabinete da UNICEF na República M., na Croácia.

O simpósio reuniu mais de representantes da 250 de federações e associações nacionais da Croácia e organizações guarda-chuva da região.